mobile header
3 June 2019 Pedaladas pelo Brasil pedem por um ar mais puro, no Dia Mundial do Meio Ambiente

A mobilidade urbana se tornou um dos principais desafios dos últimos tempos. A  poluição do ar também. Por isto, a ONU Meio Ambiente somou forças com a União de Ciclistas…

نشرات صحفية

A mobilidade urbana se tornou um dos principais desafios dos últimos tempos. A  poluição do ar também. Por isto, a ONU Meio Ambiente somou forças com a União de Ciclistas do Brasil (UCB) para promover o #PedalAmbiental e encorajar grupos de bikers,- profissionais, amadores e ciclistas de final de semana - a organizarem pedaladas durante a Semana do Meio Ambiente, que começa hoje (01) e vai até o dia 09 de junho.

De norte a sul do país, em cidades grandes e pequenas, grupos e indivíduos são convidados a unir suas vozes e pedais em prol de um ar mais puro. “A poluição do ar é evitável, e já conhecemos as soluções. Mas a hora de agir é agora. E queremos chamar a atenção das pessoas, das empresas e dos governos por meio destes grandes passeios ciclísticos, que funcionam como importantes vetores de ativação e transformação”, explica a Representante da ONU Meio Ambiente no Brasil, Denise Hamú. 

Nove em cada dez pessoas no mundo estão expostas a altos níveis de poluição do ar, que excedem os números considerados seguros pela Organização Mundial da Saúde. Este tipo de poluição causa uma série de problemas, impactando a saúde humana e o meio ambiente. Crianças, mulheres e idosos estão entre os grupos mais afetados. Além disso, muitos poluentes atmosféricos também intensificam o aquecimento global, contribuindo para o desenrolar de uma crise climática.

O Diretor Presidente da UCB, André Soares, lembra que a mobilidade ativa é um instrumento chave para o combate à poluição: “A bicicleta é um veículo que, além de não emitir poluentes atmosféricos durante o deslocamento, possui uma cadeia produtiva mais branda e exige muito menos infraestrutura viária do que aquela destinada ao modelo baseado no transporte motorizado individual, cuja construção e manutenção é onerosa e ambientalmente impactante”, destacou, ressaltando que os ciclistas também estão menos sujeitos aos danos dos poluentes do que os próprios motoristas. Uma via de mão dupla: cuidando ao mesmo tempo da própria saúde e da saúde do planeta. 

Como vai funcionar o #PedalAmbiental

Promover a bicicletada e fazer parte deste movimento é mais simples do que aprender a andar de bicicleta. O primeiro passo é organizar a pedalada por meio de uma associação ou coletivo (também é possível reunir um grupo grande de amigos). A atividade deve ocorrer em qualquer dia entre 01 a 09 de junho e ser registrada no site da ONU Meio Ambiente.

Ao registrar uma atividade na plataforma, ela aparece em um mapa interativo e ganha visibilidade global, passando a integrar a agenda de ações da ONU para o Dia Mundial do Meio Ambiente. Os organizadores também terão direito a um certificado de liderança do Dia Mundial do Meio Ambiente, emitido pelo Programa. Além disso, o mapa interativo irá possibilitar que cada cidadão ou parte interessada descubra onde estão os eventos mais próximos e participe.

Depois, basta escrever um e-mail para [email protected] com informações e um telefone para contato para receber o Guia Como Organizar uma Pedalada pela Semana Mundial do Meio Ambiente e o kit com modelos de artes abertas para divulgar a pedalada na sua cidade e convidar participantes.

Após a atividade, é importante informar os resultados do evento, como a distância percorrida e a quantidade de ciclistas participantes, para compor o índice de economia de carbono.

 

Acesse as instruções do #PedalAmbiental aqui.

Acesse o site do Dia Mundial do Meio Ambiente aqui.

Acesse o Guia Prático aqui.

Registre seu evento aqui.

Acesse materiais em português para as redes sociais (cards e posts prontos) aqui

 

Para mais informações e Imprensa:

Flora Pereira, Gerente de Comunicação e Informação Pública, [email protected]

Roberta Zandonai, Assistente de Comunicação, [email protected]

المنشورات الحديثة
القصص

إنغر أندرسن، المديرة التنفيذية لبرنامج الأمم المتحدة للبيئة

هناك شيء ما في الهواء. إنني لا أتحدث عن التلوث أو…

القصص

إنغر أندرسن، المديرة التنفيذية للأمم المتحدة للبيئة

هناك شيء ما في الهواء. إنني لا أتحدث عن التلوث أو انبعاثات…