mobile header
Tipos de Poluição

A quantidade de poluição que nós respiramos depende de vários fatores, como o acesso à energia limpa para cozinhar e aquecer, o horário do dia e o clima. A hora do rush é, obviamente, uma fonte de poluição local, mas a poluição do ar pode viajar longas distâncias, chegando até a atravessar continentes dependendo dos padrões climáticos internacionais. 

Ninguém está a salvo desta poluição, causada principalmente por cinco fontes humanas. Estas fontes emitem uma série de substâncias, incluindo dióxido de carbono, monóxido de carbono, dióxido de nitrogênio, óxido de nitrogênio, ozônio troposférico, material particulado fino, dióxido de enxofre, hidrocarbonetos e chumbo - todas com danos à saúde humana. 
 

Ambiente doméstico

A maior causa de poluição doméstica é a queima interna de combustíveis fósseis, como querosene, carvão mineral e gás natural, além da madeira e outros combustíveis de biomassa, que são utilizados para cozinhar, aquecer e iluminar as residências. Todo ano, cerca de 3,8 milhões de mortes prematuras são causadas pela poluição do ar interna, a grande maioria ocorre em países em desenvolvimento.

De 193 países, 97 países aumentaram para mais de 85% a porcentagem de residências com acesso a combustíveis com queima mais limpa. Porém, 3 bilhões de pessoas ainda utilizam combustíveis sólidos e fogueiras para a cocção, aquecimento e iluminação. A adoção de combustíveis e fogões mais eficientes e limpos pode reduzir o risco de doenças e salvar vidas. 

Indústrias

Em muitos países, a produção de energia  é uma das maiores fontes de poluição do ar. Usinas termoelétricas movidas a carvão são grandes contribuintes e geradores à diesel representam uma crescentes preocupação em áreas não abastecidas por redes de energia. Processos industriais e o uso de solventes, nas indústrias de químicos e minerais, também poluem o ar. 

Políticas e programas que visam aumentar a eficiência energética e a produção de fontes renováveis de energia têm um impacto direto na qualidade do ar dos países. Atualmente, 82 países de um total de 193 têm incentivos para promover investimentos em energia renovável, produção mais limpa, eficiência energética e controle de poluição. 

Transporte

O setor global de transporte representa quase um quarto das emissões de dióxido de carbono relacionadas à energia, e esta proporção está aumentando. As emissões deste setor estão ligadas a cerca de 400.000 mortes prematuras. Quase metade de todas as mortes causadas pela poluição do ar decorrente dos transportes são provocadas pelas emissões da queima do diesel. Já indivíduos que vivem perto de avenidas centrais tem até 12% mais chance de serem diagnosticados com demência.

Reduzir a emissão veicular é uma intervenção essencial para melhorar a qualidade do ar, especialmente em áreas urbanas. Políticas que exijam o uso de combustíveis mais limpos e padrões mais avançados de emissões veiculares podem reduzir estas emissões em até 90% - ou mais. 

Agropecuária

Existem duas causas principais de poluição do ar no setor agrícola: a pecuária, que produz metano e amônia, e a queima dos restos da produção agrícola. As emissões de metano contribuem para o ozônio troposférico, que causa asma e outras doenças respiratórias. O metano também é um gás mais potente que o dióxido de carbono para o aquecimento global, com impacto até 34 vezes maior em um período de 100 anos. Cerca de 24% de todas as emissões de gases de efeito estufa emitidos globalmente provêm da agricultura, silvicultura e outros usos da terra. 

Há muitas maneiras de reduzir a poluição do ar na agropecuária. As pessoas podem incorporar uma dieta baseada em plantas e diminuir o desperdício de alimentos. Já os fazendeiros podem minimizar as emissões ao otimizar a digestão do gado, melhorando pastos e seu manejo. 

Resíduos

Queimas de resíduos a céu aberto e acumulação de lixo orgânico em aterros sanitários emitem dioxinas nocivas, metano e carbono negro na atmosfera. Globalmente, estima-se que 40% dos resíduos são queimados a céu aberto. O problema é mais severo em regiões em processo de urbanização e em países em desenvolvimento. A queima a céu aberto de dejetos agrícolas e municipais é praticada em 166 dos 193 países. 

Melhorar a coleta, a separação e o descarte de lixo sólido reduz a quantidade de resíduos queimados ou estocados em aterros. Além disso, separar o lixo orgânico e transformá-lo em composto ou bioenergia melhora a fertilidade dos solos e/ou fornece uma fonte alternativa de energia. Reduzir o desperdício de alimentos, hoje estimado em um terço do total, também pode melhorar a qualidade do ar. 
 

Outras fontes de poluição do ar

Nem toda a poluição tem origem em atividades humanas. Erupções vulcânicas, tempestades de areia e outros processos naturais também causam problemas. Tempestades de areia e poeira são especialmente preocupantes, pois as finas partículas de poeira podem viajar milhares de quilômetros em tempestades, que também podem carregar agentes patógenos e substâncias nocivas, causando problemas respiratórios agudos e crônicos. 

Ler informações sobre as diferentes fontes de poluição do ar pode causar espanto, mas podemos mudar este cenário. Cada um de nós tem um papel importante nisso. 

Saiba mais sobre as soluções aqui

Saiba mais sobre o que você pode fazer, registre um evento ou participe do Desafio da Máscara do Dia Mundial do Meio Ambiente. Se todos nós agirmos, poderemos respirar mais facilmente. Precisamos de você nessa luta. 

Ajude-nos a difundir informações sobre a poluição do ar e sobre como podemos combatê-la!

Aceite o desafio

Precisa de guias práticos e conteúdos para divulger seu evento no Dia Mundial do Meio Ambiente? 

Baixe Nossos Guias

Busca inspiração para seu evento no Dia Mundial do Meio Ambiente? Baixe nossos guias práticos e se destaque!

Registre seu evento